Sáb. Out 23rd, 2021

Categoria: LUÍS MANUEL PEREIRA DA SILVA

É licenciado em teologia pela Universidade Católica Portuguesa, pós-graduado e mestre em bioética no Instituto de Bioética desta universidade.
É professor de educação moral e religiosa católica em Albergaria-a-Velha. Foi membro da direção do Instituto Superior de Ciências Religiosas de Aveiro (2008-2014), coordenando tertúlias, simpósios, exposições, ciclos de cinema, participando na criação do prémio «Póvoa dos Reis – cientista e padre», entre outras iniciativas. Foi docente e formador neste Instituto de Ciências Religiosas e professor convidado no Instituto Superior de Estudos Teológicos (Coimbra), em 2005-2006. Integra o corpo docente do Centro de Formação D. António Marcelino (Diocese de Aveiro), lecionando, no Curso Básico teológico-pastoral, Antropologia Teológica e Introdução à Doutrina Social da Igreja.
É sócio fundador da ADAV-Aveiro (Associação de Defesa e Apoio da Vida), a que presidiu até novembro de 2019. Preside à comissão diocesana da cultura de Aveiro. Integrou a equipa nacional da Ação Católica Rural. É coordenador do polo de Aveiro do centro de estudos de bioética. Foi membro da comissão diocesana «Justiça e Paz». É sócio fundador do IEACGO (Instituto de Estudos Avançados em Catolicismo e Globalização).
É autor de ‘Teologia, Ciência e Verdade. Fundamentos para a definição do estatuto científico da Teologia, segundo Wolfhart Pannenberg’ (Gráfica de Coimbra) e de ‘Bem-nascido… Mal-nascido… Do filho ‘perfeito” ao filho humano’ (Editora Tempo Novo).
É autor convidado na obra coletiva ‘Portugal Católico’, coordenado pelos professores José Eduardo Franco e José Carlos Seabra Pereira.
Coordenou a edição dos livros «A vida conta… branco no preto» e «Fracassos da Corte» e a equipa redatora dos manuais de EMRC. Foi coautor de 13 unidades letivas publicadas. Deu formação a docentes de EMRC de todas as dioceses do país.
Recebeu diversos prémios, na qualidade de professor coordenador, destacando-se o prémio «escola alerta» (2009-2010), atribuído pelo I.N.R. (Instituto Nacional para a Reabilitação) por projeto escolar inovador na área da integração da pessoa portadora de deficiência.
Coordenou, com o professor Paulo Calhau, os filmes «Emilagrando» (2017), «Noé – acque di Dio» (2018) e «David – um amor demasiado humano» (2019), laureados com o prémio ‘Bíblia Moov Jovem’.
É autor do blogue www.teologicus.blogspot.com e, frequentemente, convidado para conferências nas áreas da sua formação.
Tem artigos publicados nas revistas Dabar, Signum, Theologica, Práxis, Ensaios de Bioética, Estudos Teológicos, Brotéria e Mundo Rural e nos jornais Terras do Vouga, Ecos da Ria e Correio do Vouga. Fundou a revista Signum, de que foi o primeiro diretor.
É casado com Cláudia Macedo e pai do João José e da Maria Marta.