Dom. Jun 13th, 2021

Quarta-Feira de Cinzas – 17 de fevereiro
Desafio: Arrepende-te

Quaresma – Olá, eu sou a Quaresma.
Metanoia – Olá, eu chamo-me Metanoia.
Quaresma – Temos uns nomes esquisitos, não achas? Mas com significado…
Metanoia – É verdade! Mas, já agora, explica lá o que significa “Quaresma”.
Quaresma – Quaresma significa “quarenta” porque dura 40 dias. São os 40 dias antes da Páscoa. A Quaresma é um tempo especial que começa numa 4.ª feira, é a Quarta-feira de Cinzas.
Metanoia – Ah! Já sei… nesse dia, o Padre, na missa, desenha uma cruz na testa das pessoas com cinza, não é?
Quaresma – Boa! É isso mesmo! Esse é o sinal que nos lembra que nos devemos tornar pessoas melhores no nosso dia-a-dia, que nos devemos converter.
Metanoia – Daí o meu nome “Metanoia”, que significa “conversão”, mudar para melhor. Faz sentido!
Quaresma – Agora percebo o que o teu nome significa!
Metanoia – Ora, então… ao longo da Quaresma devemos mudar tudo aquilo que em nós não achamos que está bem e que não nos deixa ser felizes. Devemos falar mais vezes com Jesus, na nossa oração; fazer coisas boas pelos outros, não sermos egoístas… devemos converter-nos!
Quaresma – Mas 40 dias é um pouco mais do que um mês… É tão pouco tempo para conseguirmos essas mudanças, não achas?
Metanoia – Não, Quaresma, essa conversão deve acontecer ao longo da tua vida. O tempo da Quaresma é um tempo especial. E para nos ajudar a preparar melhor o nosso coração até à Páscoa, todas as semanas, vamos ler o Evangelho e realizar um desafio para sermos crianças melhores… Agora, vamos ouvir o Evangelho.

Evangelho – Mateus 6 1-6.16-18

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos.
“Guardai-vos de fazer as vossas boas obras diante dos homens,
para vos tornardes notados por eles;
de outro modo, não tereis nenhuma recompensa do vosso Pai que está no Céu.
Quando, pois, deres esmola,
não permitas que toquem trombeta diante de ti,
como fazem os hipócritas, nas sinagogas e nas ruas,
a fim de serem louvados pelos homens.
Em verdade vos digo: Já receberam a sua recompensa.
Quando deres esmola,
que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua direita,
a fim de que a tua esmola permaneça em segredo;
e teu Pai, que vê o oculto,
há de premiar-te.”
“Quando orardes, não sejais como os hipócritas,
que gostam de rezar de pé nas sinagogas e nos cantos das ruas,
para serem vistos pelos homens.
Em verdade vos digo:
Já receberam a sua recompensa.
Tu, porém, quando orares, entra no quarto mais secreto e,
fechada a porta,
reza em segredo a teu Pai,
pois Ele, que vê o oculto, há de recompensar-te.
E, quando jejuardes, não mostreis um ar sombrio,
como os hipócritas,
que desfiguram o rosto para que os outros vejam que eles jejuam.
Em verdade vos digo: Já receberam a sua recompensa.
Tu, porém, quando jejuares,
perfuma a cabeça e lava o rosto,
para que o teu jejum não seja conhecido dos homens,
mas apenas do teu Pai que está presente no oculto;
e o teu Pai, que vê no oculto, há de recompensar-te.”

Reflexão e compromisso

Metanoia – Quaresma, compreendeste o que Jesus disse?
Quaresma – Sim, que devo jejuar, dar esmola, rezar mais…
Metanoia – … e que, ao longo dos 40 dias, quando deres esmola ou ajudares alguém, quando rezares no teu quarto, quando fizeres jejum ou sacrifício (dar aquele brinquedo que tanto gostas a uma criança que precisa mais; ou não comer aquele doce, apenas por gulodice, por exemplo), não deves fazê-lo para receber uma recompensa ou um elogio de alguém. As tuas atitudes devem ficar em segredo entre ti e Jesus, que te conhece e sabe tudo o que fazes.
Quaresma – Metanoia, eu costumo rezar à noite no meu quarto, falo com Jesus antes de adormecer e, por vezes, dou algum dinheiro da minha mesada para ajudar os mais pobres. É isso que Jesus nos ensina?
Metanoia – Sim, é isso mesmo. Podes também, em alguns dias, tornar as tuas refeições mais simples, pois há crianças da nossa idade que nem uma refeição têm…
E agora, o nosso 1.º desafio: “Vou decidir o que quero mudar em mim ao longo desta Quaresma”.