Dom. Nov 28th, 2021

DA FÉ À VIDA – EM FAMÍLIA

Caminhada Diocesana da Quaresma à Páscoa 2021

1. Contextualização

 A essência do cristianismo está na fé em Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador.

cristianismo continua a ser a religião mais perseguida do planeta. Considerando que o próprio Cristo foi crucificado, é fácil imaginar que os inícios da fé cristã não tenham sido nada fáceis. E não foram mesmo: as perseguições contra os cristãos já eram frequentes e brutais nos três primeiros séculos do cristianismo, quando a fé em Cristo precisava ser vivida praticamente na clandestinidade por grande parte dos conversos.

Num contexto tão cruel, como é que um cristão poderia saber se outra pessoa também era cristã?

Além de tomar as precauções mais evidentes, como informar-se sobre a outra pessoa previamente sempre que possível, os primeiros cristãos utilizavam “códigos secretos” para confirmar se estavam mesmo diante de um irmão da mesma crença.

Um desses códigos era o “Ichthys” ou “Ichthus”, palavra que, em grego antigo (?????), significava “peixe“. A pronúncia correta dessa palavra grega não é fácil para quem fala português, já que as letras ? (ch) e ? (th) não têm correspondência no nosso idioma. No entanto, para facilitar, é aceite a pronúncia simplificada “íchthus”.

A hipótese mais levantada é a de que o cristão, quando supunha estar diante de outro cristão clandestino, desenhava uma curva ou meia-lua no chão. Se a pessoa desenhasse outra meia-lua sobreposta à dele, completando assim a figura de um peixe, seria muito maior a probabilidade de que se tratasse mesmo de um seguidor de Jesus que conhecia o “código secreto” cristão.

E porquê a imagem de um peixe?

Porque as letras que formam a palavra “peixe” em grego, quando escritas em maiúsculas (?????), formam um acrônimo com as iniciais da expressão “I?sous Christos Theou Yios S?t?r“, que significa “Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador” (em grego antigo: ?????? ???????, ???? ?????, ?????).

– I          – Iesous            – Jesus

– Ch        – Christos         – Cristo

– Th       – Theou            – de Deus

– Y         – Yios               – Filho

– S         – Soter             – Salvador

O peixe veio a tornar-se, desta forma, um dos primeiros símbolos cristãos, juntamente com a imagem do Bom Pastor e, posteriormente, com o Crucifixo.

2. Proposta de caminhada comunitária

Na 4ª feira de Cinzas é colocada a primeira peça da imagem. Em cada um dos cinco domingos da Quaresma serão colocadas uma das letras no nome JESUS. Em cada «letra» encerra-se um título à pessoa de Jesus que aparecerá em dia de Páscoa. No Domingo de Ramos conclui-se a imagem. E, finalmente, no Domingo de Páscoa aparece a designação completa: «Jesus Cristo, Filho de Deus – Salvador!» Os valores apresentados em cada domingo serão a marca vital do cristão que pelos seus gestos e ações concretas (Vida) demonstra a sua Fé (sinal do Cristão).

3. Texto bíblico, desafio e compromisso

Em cada semana da Quaresma é apresentado um texto bíblico, é proposto um desafio, bem como um compromisso, baseados no Evangelho:

DATA TEXTO BÍBLICO DESAFIO COMPROMISSO
Quarta-Feira 

de Cinzas

[de 17 a 20-02]

Mt 6, 

1-6.16-18

«ARREPENDE-TE» Vou decidir o que quero mudar em mim ao longo desta Quaresma.
I Domingo 

da Quaresma

[de 21 a 27-02]

Mc 1,12-15 «CRÊ 

NO EVANGELHO»

Vou pensar que tentações existem à minha volta, identifico uma e esforço-me por ser melhor.
II Domingo 

da Quaresma

[de 28-02 a 06-3]

Mc 9,2-10 «MUDA» Escrevo uma atitude / gesto que devo mudar na minha vida. 

Verifico diariamente se estou a cumprir o meu compromisso.

III Domingo 

da Quaresma

[de 07 a 13-03]

Jo 2, 13-25 «RECONSTRÓI» Vou encontrar um momento para passar na nossa Igreja. Se tal não for possível, vou viver um breve tempo de encontro com Jesus, em silêncio, no meu quarto.
IV Domingo 

da Quaresma

[de 14 a 20-03]

Jo 3, 14-21 «ILUMINA 

A VIDA»

Vou escrever uma mensagem de ânimo / apoio a alguém que precise (amigo, familiar, enfermeiro, médico, bombeiro, sacerdote, catequista, …)
V Domingo 

da Quaresma

[de 21 a 27-03]

Jo 12, 20-33 «SERVE 

O OUTRO»

Vou escrever uma oração bonita para conversar com Jesus, todos os dias.
Domingo 

de Ramos

[de 28-03

a 03-04]

Mc 11, 1-10 «SEGUE 

JESUS»

Vou preparar o meu Ramo (coroa de verdes) para acolher Jesus. Depois, vou colocá-lo no exterior da minha casa, num local bem visível, para que todas as pessoas saibam que lá mora um amigo de Jesus.
Domingo de Páscoa 

[04-04-2021]

Jo 20, 1-9 «ANUNCIA 

JESUS»

Vou colocar o painel com o peixe “Jesus” na janela/ varanda da minha casa.

 

4. Desenvolvimento da proposta (Painel Comunitário)

Ao longo da Quaresma, através da visualização de um vídeo, iremos acompanhar duas personagens – Quaresma e Metanoia – que nos ajudarão a caminhar mais próximos de Jesus e a preparar melhor o nosso coração para acolher Jesus Ressuscitado.

Vamos construir também um painel com um PEIXE e a palavra JESUS, símbolo dos cristãos desde os primeiros tempos da Igreja. Depois, em cada uma das semanas vamos colorindo cada peça e colando no seu lugar, até o concluir.

5. Materiais

– Apresentação da caminhada – link

– “Ichthus” a preto e branco, cor

6. Proposta para a Adolescência – link


catequese@diocese-aveiro.pt