Ter. Dez 7th, 2021

ALIANÇA E CUIDADO DA CRIAÇÃO

Pe. Georgino Rocha

A criação abre-nos horizontes de relação com tudo e de especial aliança do Criador com as criaturas e destas entre si. Evolui progressivamente e vai do caos à harmonia do universo, à imagem e semelhança de Deus na terra. Relação que afirma o valor de todas e respeita a dignidade de cada uma na sua diferença original.  

O ser humano, homem e mulher, recebe a nobre missão de gerir as fontes da vida e administrar os bens da terra. E Deus viu que tudo era muito bom/belo. Convém alargar o nosso horizonte a este “tudo” com que Deus se relaciona, de modo especial com o casal humano.

Daqui pode brotar a espiritualidade da “terra mãe” (tão querida a São Francisco de Assis), as parcerias com os amigos do universo, as associações dos “direitos” dos animais, o diálogo de concertação social, a aliança das civilizações.

Esta aliança tem três pressupostos fundamentais: nenhuma religião prega que o ser humano é um  lobo para o ser humano nem permite a matança de inocentes; que nenhuma cultura tolera a exploração dos seres humanos  e que nenhuma civilização aceita a violência ou o terror. E tem três pilares igualmente fundamentais: a cooperação anti-terrorista, a correcção das desigualdade e o diálogo cultural ( J.J Tamayo, Otra teologia es posible, Herder 2012 p. 101).

Neste ponto se pode incluir o diálogo intercultural. “A Igreja não pretende deter o progresso admirável das ciências. Pelo contrário, alegra-se e inclusivamente desfruta, reconhecendo o enorme potencial que Deus deu à mente humana.” EG 243.

“Como crentes, sentimo-nos próximos também de todos aqueles que, não se reconhecendo parte de qualquer tradição religiosa, buscam sinceramente a verdade, a bondade e a beleza, que, para nós, têm a sua máxima expressão e a sua fonte em Deus. Sentimo-los como preciosos aliados no compromisso pela defesa da dignidade humana, na construção de uma convivência pacífica entre os povos e na guarda da criação”. EG 257.

A Laudato Si’ desenvolve esta temática que visa garantir a harmonia do universo e a ética do cuidado da criação como casa comum de todos nós.