Seg. Jun 14th, 2021

À VOLTA DO NOVO TESTAMENTO 2

Pe. Júlio Franclim do Couto e Pacheco

Leia aqui a obra Contra Práxeas, de Tertuliano


Nesta obra, não anterior a 208 d.C., Tertuliano defende, em todos os pontos essenciais, a doutrina da Santíssima Trindade.

O erro de Práxeas parece ser originado da ansiedade de manter a unidade de Deus; o que ele pensou que poderia ser feito dizendo que o Pai, o Filho e o Espírito Santo eram um e o mesmo. Ele defendeu, portanto, de acordo com Tertuliano, que o próprio Pai desceu até à virgem, foi nascido dela, sofreu, e foi simplesmente Jesus Cristo. Das mais chocantes deduções da teoria geral de Práxeas, os seus oponentes deram a ele e aos seus seguidores o nome de patripassionistas; noutro ponto do seu ensino eles eram chamados de Monarquianos.