Dom. Out 17th, 2021

Mesopotâmia – XIII | HINOS MESOPOTÂMICOS

Investigação e tradução: Pe. Doutor Júlio Franclim do Couto e Pacheco

Leia, aqui, Enki e a ordem no mundo


Após ir a Meluhha – a montanha negra (Etiópia?) – Enki volta aos rios Tigre e
Eufrates. Abastece-os de água cintilante e encarrega deles o deus Enbilulu. Enche
os rios de peixes e cria a divindade «filho de Kesh» por eles responsável. No mar,
o Golfo Pérsico, coloca a deusa Sirara. Chama depois os ventos e, para governálos,
nomeia o deus Ishkuri, o que cavalga trovoadas e tempestades. [Continua]


Imagem: Selo cilíndrico assírio do fim do III milénio a.C. com representação de Enqui