Fotos, notícias

“o Meu Irmão está aqui!”

Caros Amigos e Amigas:

As minhas cordiais saudações.

 

Neste tempo de Natal não posso ficar indiferente a tantos sacrifícios que cada um de vós e das vossas famílias fazem para que cada um dos nossos alunos perceba o verdadeiro sentido do Natal.

Sabemos que o nosso mundo moderno nos continua a oferecer um Natal não verdadeiro, massificado de “Pais Natais”, de muitas “Prendinhas” sem se preocupar com o verdadeiro sentido: O nascimento de Jesus, o filho de Deus.

Foi o seu nascimento, em condições difíceis, que tornaram o Natal um acontecimento único, dedicado àquilo que mais interessa, a cada um de nós. O Menino nascido não quer as nossas prendas, mas quer-nos a nós, com alegria, à procura dos outros, dos nossos irmãos, que, provavelmente, também estão numa “gruta” aquecidos apenas com algumas roupinhas.

Precisamos de sair da “nossa gruta” aquecida, cómoda, para irmos ao encontro dos mais desfavorecidos, dos pobres, dos que não tem uma família, dos que não tem pão na mesa, dos que esperam por um sorriso nosso.

Abrir a nossa mão, não é só dar pão, é, sobretudo, darmo-nos inteiramente.

Sou feliz porque me entrego, à minha família, aos meus amigos, à minha Comunidade Cristã, aos desfavorecidos, mas sou tanto mais feliz quando me entrego de corpo e alma aos meus alunos e por eles e com eles posso sentir que o menino Jesus nasceu verdadeiramente e está no coração de cada Homem.

Obrigado pelo vosso testemunho e por fazerem deste Natal um Natal plenamente Santo!

Desejo-vos a todos e às vossas famílias, um SANTO e FELIZ NATAL na Paz de Deus e que no ANO de 2018 saibamos manter as mãos abertas aos outros para que possamos dizer alegremente, “o Meu Irmão está aqui!”.

Sérgio Martins

Coordenador do Departamento de Pastoral nas Escolas da Diocese de Aveiro