notícias
Não há como não gostar de lá ir!

Não há como não gostar de lá ir!

Sendo a minha segunda vez em Taizé, esperava uma experiência parecida com a do passado ano, tinha já expectativas para aquilo que iria viver naquele lugar que tinha como tão especial e estava então menos entusiasmada com a viagem, em comparação com o ano passado, porque achava que nada poderia superar a fantástica experiência que já tinha tido. Mas a verdade é que Taizé tem sempre algo novo para dar, já mo tinham dito e vejo me agora obrigada a concordar. Não sei que ano foi melhor, foram diferentes, mas posso de bom grado dizer que em ambos os anos voltei a Portugal de coração mais do que cheio! É realmente um lugar especial, seja pelas orações, pelos silêncios, pelo convívio, pelas reflexões ou pelo espírito de união, em Taizé “somos (realmente) um”! Voltei a casa já a contar os dias para voltar àquela comunidade que tão bem me acolheu, mas, sobretudo, voltei a casa para partilhar o Espírito de Taizé por estas terras e pessoas. Para mim, Taizé é Força e União, é reflexão e tranquilidade!

Não há como não gostar de lá ir!

Maria Mantas

Colégio Nossa da Apresentação de Calvão

Deixe uma resposta