Farol de esperança aceso na diocese este domingo

Uma enchente de diocesanos, vindos de todas as paróquias da diocese, partilharam na Sé de Aveiro, e nos espaços adjacentes, a ABERTURA OFICIAL DA MISSÃO JUBILAR.

A celebração dos 75 anos da restauração da diocese vai decorrer até 11 de dezembro de 2013.

foto retirada de SDPJV Aveiro

Partilhamos aqui, a partir do artigo da Agência Ecclesia, as principais ideias-desafios deixados pelo bispo de Aveiro, D. António Francisco dos Santos na homilia desta FESTA.  D. António apelou a um compromisso público renovado, por parte dos católicos, face a um “momento difícil de crise e de provação” para muitas famílias na região e no país.

    “A sociedade precisa de pessoas livres e felizes trabalhados pelas bem-aventuranças do evangelho”, disse D. António Francisco dos Santos na homilia da missa que marcou o início da Missão Jubilar e do Ano da Fé na diocese, este domingo. (…)  Segundo o prelado, “farol de esperança para quantos procuram razões de viver”.

Na intervenção, enviada hoje à Agência ECCLESIA, o bispo de Aveiro sustenta que a fé pode “dar sentido e luz à vida de tantas pessoas”.

 “Que saibamos colocar Deus nos novos mares da família, da escola, da profissão, da vida pública e da cultura e em tantos espaços humanos desertos, sem vida, sem fé, sem esperança e sem amor”, pediu, na Sé aveirense.

D. António Francisco dos Santos falou numa “nova geografia da missão” e num “tempo único da evangelização”, que tem de levar os católicos ao encontro dos mais novos, “em linguagem, por eles entendida, e em exemplos de vida, de que estão ávidos, da alegria de acreditar e do testemunho feliz da vocação”.

(…)

Artigo completo AQUI 

OC, Aveiro, 22 out 2012 (Ecclesia)

2 Comments

  1. Não fazendo parte, mas fazendo… sinto-me convocada… e vivo esta hora!!!
    Unida estou e estarei de coração aberto e em oração … rezando por todos os diocesanos aveireinses e pela Diocese de Aveiro para que a sua Missão Jubilar gere no coração de cada um, uma nova vida talhada pelas bem-aventuranças. E ainda, que a mesma chegue a cada porto – mesmo que fechado – com alegria e consiga colocar Deus em tantos espaços humanos desertos, sem vida, sem fé, sem esperança e sem amor.
    Coragem e Confiança!
    Eu sinto que é generativa e promete! Eis-me…
    “Sursum Corda”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Categorias

Seguir

Receba na sua caixa de correio (email) todas as atualizações do nosso blog

Junte-se a nós: