Se “a missão vai do TEMPLO ao TEMPO: o que se celebra no templo é para vivenciar no tempo humano da vida de pessoa e de cada família” (Livro/guia Missão Jubilar – 75 anos da restauração da Diocese de Aveiro)  esta MISSÃO está quase quase na sua HORA, a hora de se fazer à estrada, ao mar e aos céus, e começar, diocese fora, nos territórios que a compõem e na imensidão de gente que do átrio ao templos queremos...