Uma Questão de Criatividade

Modos de interação entre ciência e religião

Uma Questão de Criatividade

Miguel Oliveira Panão

Alguma vez pensaste naquilo que nos distingue dos animais? Há quem pense que seja a capacidade de racionalizar as coisas, mas há muitas espécies que fazem uso da razão dentro das suas condições de possibilidade.

Por exemplo, as abelhas quando escolhem um local para fazer a sua colmeia enviam as exploradoras à procura de locais candidatos. Depois, juntam e iniciam uma dança. Só quando chegarem à unanimidade quanto ao local é que terminam. É uma inteligência colectiva. Um grau menor de racionalidade e conhecimento, mas não deixa de o ser. Há outra coisa que nos distingue.

Quando olhamos para o ser humano é quase impossível descartar o facto de que tudo o que faz se manifesta em cultura. E a manifestação de cultura provém da criatividade. O ser humano é criativo com aquilo que lhe é dado na própria criação. A questão está naquilo que faz com essa criatividade.

Falamos em crise financeira, ecológica, terrorismo e pensamos que basta encontrar a solução financeira melhor, ou fazer grandes cimeiras ou apertar mais ainda a segurança e superamos estas crises. Mas diz John Zizioulas no seu pequeno e precioso livro ”A Criação como Eucaristia”, referindo-se à crise ecológica, mas extensível a todas as outras, que

”… esta reflexão comporta um ethos do qual o mundo tem uma tremenda necessidade no nosso tempo. Não uma ética, mas um ethos, não um programa, mas uma atitude e uma mentalidade; não uma legislação, mas uma cultura. A crise ecológica afigura-nos como uma crise de cultura: é uma crise que está ligada à perda de sacralidade da natureza na nossa cultura.”

É uma questão de criatividade. Basta que a coloquemos ao serviço da recuperação de um ethos cultural orientado para uma mudança de mentalidade que encontra o equilíbrio em tudo o faz, e gera uma cultura que aprende, cada vez mais, o sentido e significado da sacralidade da natureza da qual somos uma parte inextrincável.

Questão: o que irás criar hoje?

Blog & Autor