Cinema de inquietação: ‘Roda no ar: Hélder’

Cinema de inquietação: ‘Roda no ar: Hélder’

A luta de quem não desiste perante os limites da vida

Roda no Ar: Hélder é um documentário realizado por Henrique Manuel Pereira e produzido pela Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa. O filme estreou em maio de 2017 e aborda a rotina diária do escritor e músico Hélder Ferreira, vítima de locked-in syndron.

Há catorze anos, por força de um acidente vascular cerebral, Hélder Ferreira ficou tetraplégico. Os médicos não lhe davam mais do que escassos dias de vida. Intelectualmente lúcido, vive encarcerado dentro do seu corpo, mexendo apenas uma pálpebra e, de modo quase imperceptível, o polegar da mão esquerda. Mas é graças a esse movimento, com a ajuda do computador e de um software, que se liga e acompanha o pulsar do mundo, estabelece redes de amizade e faz o que tanto gosta: ouvir música e escrever.

“Poderei incentivar as pessoas a amar a vida, mesmo quando esta se apresenta cheia de contrariedades”, afirma Hélder Ferreira, aceitando ser protagonista deste documentário.

Por seu lado, Henrique Manuel Pereira vê na vida do Hélder “uma canção de guerra, uma lança atirada ao coração da pieguice”. Por isso, sem fugir ao carácter dramático da vida individual e familiar de Hélder Ferreira, realizou Roda no Ar, um testemunho de força e de resistência. O filme é também homenagem e gratidão a toda a família do seu protagonista, uma vez que, nas palavras do realizador, “em cada dia, em conjunto, como uma renovação silenciosa de células, uma dança de roda ou discreto ritual de ternura, testemunham que o amor pode furar muralhas e desafiar fatalidades. Em face deles, ninguém diga que não pode encontrar na dor e no sofrimento muito mais que um gemido”.

Roda no Ar: Hélder tem sido objecto de reflexões, debates e mesas redondas. Faz agora o seu percurso por festivais de cinema nacionais e internacionais, tendo já merecido vários prémios e menções honrosas.

 

Informações complementares:

“Roda no ar – Hélder”

Documentário realizado por Henrique Manuel Pereira.

Música: Axletree “Goodnight Esme (Instrumental version)” sob a licença Attribution 4.0 International (CC).

Apresentação: http://www.facebook.com/events/886702461470930/