Padre Arménio – Músico. A sua relação com os órgãos de Aveiro [1]   

No 20.º aniversário da morte do Pe. Arménio           Padre Arménio – Músico. A sua relação com os órgãos de Aveiro [1] Domingos Peixoto           Nota prévia “O Pe. Arménio será sempre uma presença na Igreja de Aveiro pelo muito que Deus lhe deu e ele deu à Diocese”[1].           Há 20 anos que o Pe….

Divorciados recasados pedem à Igreja a bênção de Deus

DIVORCIADOS RECASADOS PEDEM À IGREJA A BÊNÇÃO DE DEUS Pe. Georgino Rocha “Não deixa de ser estranho que a Igreja no seu Ritual de Bênçãos contemple tanta diversidade de pessoas, de animais e de coisas e mostre relutância em atender o pedido de divorciados recasados que as desejam para a sua nova situação”, diz-me um amigo…

Divorciados recasados fazem caminho em equipa

DIVORCIADOS RECASADOS FAZEM CAMINHO EM EQUIPA Pe. Georgino Rocha Constitui uma fonte preciosa o legado de D. António Francisco dos Santos em vários âmbitos do agir pastoral da Igreja. No caso presente da relação a promover com os divorciados recasados. Em entrevista de 2015 para a revista “Vida Nueva”, afirma: “Diante da Igreja e na Igreja…

XXV Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Pe. Franclim Pacheco Breve comentário O texto desde domingo é o primeiro duma série de três textos que apresentam a imagem da vinha. Além deste, temos a parábola do pai que manda os dois filhos trabalhar na vinha (Mt 21,28-30) e a história dos arrendatários que maltratam os diversos enviados pelo dono e que, por…

Legado de D. António Francisco: bem precioso a irradiar

LEGADO DE D. ANTÓNIO FRANCISCO: BEM PRECIOSO A IRRADIAR Pe. Georgino Rocha A celebração do funeral de D. António Francisco está revestida de uma simplicidade sóbria e digna, de uma eloquência exuberante e sábia. As pessoas, em número de multidão impressionante, trouxeram à luz do dia e fizeram brilhar as sementes fecundas do seu modo…

No 25.º aniversário da morte de JÚLIA D’ALMENDRA (1904-92) (8)

No 25.º aniversário da morte de Júlia d’Almendra (1904-92) (8) A estrutura do curso de Órgão Por Domingos Peixoto Júlia d’Almendra, além do contexto francês, conhecia bem as orientações da Igreja Católica relativas à função do organista na liturgia. Assim, nos objectivos da nova escola, a formação deste músico tem um lugar especial: um curso…

ABC do Ecumenismo I/IV

ABC do Ecumenismo I/IV Jorge Pires Ferreira Anglicanos – Os anglicanos são hoje, no mundo, cerca de 80 milhões. Destes, 13 milhões estão na Inglaterra. Os outros estão espalhados principalmente pelos países de língua inglesa, a começar pelos EUA (onde se chamam Igreja Episcopal). O líder da Igreja Anglicana é arcebispo de Cantuária, atualmente Justin…

Uma Questão de Perspectiva

Uma questão de perspectiva Miguel Oliveira Panão A ciência é um modo humano de conhecer a realidade que progride. Por isso, uma teoria melhor pode tornar a anterior obsoleta. Aqueles que olham apenas do ponto de vista da ciência, vêem a religião como um ponto central na vida de algumas pessoas, mas fora da realidade….

Perdoar de todo o coração. Sempre!

PERDOAR DE TODO O CORAÇÃO. SEMPRE! Pe. Georgino Rocha Dom António Francisco dos Santos, conhecido por ser o bispo da bondade, deixa-nos um belo exemplo de como ser misericordioso e reconciliador, ir ao encontro dos outros, fazer-se próximo, acolher sem condições, dar e receber o perdão. As suas ricas mensagens e, sobretudo, o seu estilo…

D. António Francisco… muito amigo, muito próximo, muito inteligente

D. António Francisco… muito amigo, muito próximo, muito inteligente A notícia da morte de D. António Francisco dos Santos, atual Bispo do Porto, deixa-nos a todos abalados. D. António Francisco era um homem que pela fé acreditava na bondade do ser humano e que pela mesma fé manifestava muitas qualidades pessoais. Era muito amigo, muito…

D. António Francisco dos Santos vela por nós

D. António Francisco dos Santos vela por nós A notícia corre célere. Tem data de 11 de Setembro de 2017, dada pela secretaria da diocese do Porto: D. António Francisco é vítima de ataque cardíaco. E pouco mais adianta, pois os desenvolvimentos estão em constante actualização. A surpresa engrandece a memória do falecido. Na peregrinação…

Viver a aliança refeita – a alegria do casal no dia-a-dia

VIVER A ALIANÇA REFEITA A ALEGRIA DO CASAL NO DIA-A-DIA Pe. Georgino Rocha “Só quem não conhece a fragilidade humana, designadamente na relação conjugal, é que se admira do número crescente de divórcios e separações entre os recasados ou situações similares”, diz-me um colega versado na pastoral familiar, em tom de leve censura a quem…

XXIV Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Pe. Franclim Pacheco Breve comentário O texto deste domingo faz ainda parte do discurso eclesial (capítulo 18 de Mateus) em que são indicados alguns princípios fundamentais apara a vivência da nova comunidade. Os irmãos que compõem a comunidade cristã são responsáveis uns pelos outros, com uma atenção privilegiada aos que são mais fracos na fé….

No 25.º aniversário da morte de JÚLIA D’ALMENDRA (1904-92) (7)

No 25.º aniversário da morte de Júlia d’Almendra (1904-92) (7) A formação do organista – uma prioridade Por Domingos Peixoto Na escola fundada por Júlia d’Almendra o curso de Órgão ocupa um lugar especial: é o mais longo e o único a ser regido por um professor estrangeiro residente. Esta opção é assim justificada no…

Dar o primeiro passo e perdoar

DAR O PRIMEIRO PASSO E PERDOAR Pe. Georgino Rocha A viagem do Papa Francisco à Colômbia que termina, hoje, tem como lema: “ Demos o primeiro passo”, lema em grande consonância com a mensagem do Evangelho proclamado na liturgia. A sintonia provém de ambas terem como “pano de fundo” tensões e conflitos que ferem a…

Aveirense ilustre – Gaspar Albino, artista plástico e empresário

Aveirense ilustre Gaspar Albino, artista plástico e empresário Cardoso Ferreira (Textos) Gaspar Albino notabilizou-se como um dos mais destacados homens de cultura da região de Aveiro da atualidade, deixando uma vasta obra como artista plástico, cronista e dirigente associativo. Joaquim António Gaspar de Melo Albino nasceu na antiga freguesia da Glória (Aveiro), no dia 31…

Aliança de amor e harmonia conjugal

ALIANÇA DE AMOR E HARMONIA CONJUGAL Pe. Georgino Rocha “A Igreja deve ser e parecer mais séria no seu agir pastoral, sobretudo em relação ao matrimónio”, diz-me sem floreados e com ares de grande convicção um amigo que se vem dedicando a situações complexas de harmonia conjugal. Escuto-o com muita atenção porque também estou preocupado e…

XXIII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Pe. Franclim Pacheco Breve comentário O texto deste domingo faz parte do capítulo 18 que refere o discurso eclesial ou discurso sobre a Igreja na sua concretização numa comunidade. Antes do texto de hoje é apresentada a parábola da ovelha «extraviada», que chama a atenção dos responsáveis da comunidade para o cuidado que devem ter…

Domingo XXII – Mt 16, 21-27 – A coragem de ser cristão

DOMINGO XXII – Mt 16, 21-27 A CORAGEM DE SER CRISTÃO Pe. Georgino Rocha O diálogo de Jesus com Pedro, em Cesareia de Filipe, é esclarecedor e persuasivo. Manifesta um choque frontal de critérios em relação à missão a realizar. Os de poder e prestígio, típicos ainda do Antigo Testamento. E os da novidade que…

XXII Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Pe. Franclim Pacheco Breve comentário O texto deste domingo é a continuação do domingo anterior. Na sondagem feita por Jesus («Quem dizem os homens que é o Filho do Homem?… Vós quem dizeis que eu sou?») ficámos a saber o que pensam as pessoas em geral acerca de Jesus e o que pensa o grupo…

Rosto de Misericórdia – Pe. João Mónica da Rocha

Rosto de Misericórdia PADRE JOÃO MÓNICA DA ROCHA O Padre João Mónica da Rocha nasce em Calvão em 1941, paróquia onde é baptizado e vive no seio de uma família amiga e generosa, frequenta os Seminários de Aveiro e dos Olivais, em Lisboa, e termina o curso de teologia, 1965; é ordenado presbítero por D….

No 25.º aniversário da morte de JÚLIA D’ALMENDRA (1904-92) (6b)

No 25.º aniversário da morte de Júlia d’Almendra (1904-92) (6b) Uma aposta na profissionalização do músico de Igreja Por Domingos Peixoto Júlia d’Almendra faz questão de sublinhar que profissionalização e apostolado não são incompatíveis, e que a solução para assegurar a qualidade na música litúrgica seria simples. Em primeiro lugar, – “Que as nossas igrejas…

Domingo XXI – ‘Pergunta crucial, resposta sublime’

DOMINGO XXI – Mt 16, 13-20 PERGUNTA CRUCIAL, RESPOSTA SUBLIME Pe. Georgino Rocha      O ser humano tende a fazer perguntas que saciem a sua curiosidade e fome de saber. É sinal dos limites da natureza finita e da aspiração infinita do seu espírito. Faz perguntas desde a mais tenra idade e sobre os…

Misericórdia faz-se visita – 1 – ‘Visita: um diálogo de verdade’

MISERICÓRDIA FAZ-SE VISITA Pe. Georgino Rocha VISITA: UM DIÁLOGO DE VERDADE  O relato da criação faz-nos ver, em estilo sóbrio e atraente, que Deus visita os primeiros seres humanos, Adão e Eva, enquanto “passeava no jardim à brisa do dia” (Gn 3, 8). Visita e fala com eles em diálogo de verdade, levando-os a reconhecer…

XXI Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Pe. Franclim Pacheco Breve comentário O texto deste domingo pode dividir-se claramente em duas partes: o diálogo de Jesus com os discípulos que culmina com a solene profissão de Pedro e a declaração de Jesus acerca de Pedro. Jesus faz uma espécie de sondagem acerca da sua identidade: «Quem dizem os homens que é o…

No 25.º aniversário da morte de JÚLIA D’ALMENDRA (1904-92) (6a)

No 25.º aniversário da morte de Júlia d’Almendra (1904-92) (6a) A definição de uma estratégia Por Domingos Peixoto Ao planear a execução do seu projecto, Júlia d’Almendra teve em conta o papel do canto gregoriano na cultura e na música ocidental; sendo a principal fonte inspiradora da polifonia e da música para órgão, com elas…

XX Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Pe. Franclim Pacheco Breve comentário Para melhor entendermos este episódio, devemos ter em conta que o evangelho segundo Mateus se dirige a uma comunidade de cristãos de origem judaica, com toda a sua carga histórica e religiosa, e que vive em ambiente palestinense, no meio dos outros judeus que não aceitaram a Boa Nova. Na…

Uma Questão de Atitude

Uma Questão de Atitude Miguel Oliveira Panão Já pensaste naquilo que sentes quando estás perante uma pessoa que não tem as mesmas convicções religiosas que tu? Sentes-te nervoso, irritado, em paz, sereno? Será que é possível aprender alguma coisa com aqueles que não acreditam em Deus? Será que é possível aprofundar a fé com quem…