Categoria: VÍTOR SERRÃO

É doutorado em História da Arte pela Universidade de Coimbra, e é catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, dirigindo ali o Instituto de História da Arte e a revista do Instituto, Artis. Desenvolveu muitos projetos em história da arte, conservação e restauro, organizou exposições, congressos e seminários, e tem vasta bibliografia publicada, especialmente sobre o Maneirismo e o Barroco português.
É membro da Academia Portuguesa da História, da Academia das Ciências de Lisboa, e da Academia Nacional de Belas-Artes. É membro da Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais e do Conselho Redatorial do Archivo Español de Arte.
Recebeu o Prémio Nacional José de Figueiredo da Academia Nacional de Belas-Artes pelo livro O Maneirismo e o Estatuto Social dos Pintores Portugueses, o Prémio APOM pelo melhor catálogo de 1995, com a publicação A Pintura Maneirista em Portugal – arte no tempo de Camões, e o Prémio Nacional Gulbenkian de História de Arte pela obra Josefa de Óbidos e o tempo barroco.
Foi feito Comendador da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada a 6 de junho de 2008.